Cascavéis

As palavras têm o poder de evocar sentimentos e emoções, provocar lembranças, e às vezes, até de machucar. As palavras têm poder.

0
14

Nos tempos modernos, algumas palavras têm sido frequentemente repetidas nos meios de comunicação de massa, tanto televisivos, quando na mídia impressa. Umas dessas palavras é drogas. Quando ela é pronunciada vem naturalmente um sentimento negativo de dor, sofrimento, morte, escravidão,…, porque ela tem sido associada com as drogas ilícitas, os entorpecentes.

Um preletor mundialmente famoso, JIMMY SWAGGART, em uma de suas prédicas, aconselha seus ouvintes a fugirem das drogas como se estivessem fugindo de uma cascavel (cobra possuidora de um veneno extremamente poderoso e letal). As drogas são cascavéis. A figura de linguagem aqui usada é uma metáfora (uma comparação com supressão de um termo).

Falar aqui sobre os malefícios que as drogas causam à saúde humana é uma redundância.

O Estado não tem apresentado resultados satisfatórios no combate às drogas. É muito mais difícil corrigir por meio política pública a conduta coletivizada, do que adotar-se ações preventivas nas escolas públicas (estaduais e municipais) e particulares por meio de palestras com especialistas sobre as consequências nefastas decorrentes do uso de drogas, que, em regra, culminam com detenção em cárceres ou sepultamento precoce.

Acredito que somente a educação infantil (educação de berço) pode contribuir significativamente para o efetivo combate às drogas.

Semelhante ao veneno das cascavéis, as drogas são letais. Regra geral, não existe uma porta aberta que permita uma saída digna para quem entrou para o mundo das drogas. Acredito que o antídoto para esse veneno encontra-se na boa educação.

A cracolândia é uma realidade. Houve um tempo em que quem usava drogas era considerada uma pessoa “descolada”, “cabeça”. Hoje em dia, quando se fala que alguém é usuário de drogas (drogado), em regra, surge uma certa repulsa e, por causa disso, as outras pessoas querem é distância dela, porque vêem nela uma pessoa problemática, um problema ambulante.

Quando um membro de uma família torna-se usuário de drogas, geralmente, toda a família ganha um grande problema adicional. Todos irão sofrer as dores de ter um parente em uma situação de escravidão física e/ou psicológica, e ainda correr o risco de ser preso ou enterrado antes do tempo.

A educação tem a capacidade de orientar jovens e adolescentes a fugirem das drogas, como se estivessem fugindo de cascavéis. Como? Por meio da orientação familiar, através dos ensinamentos dos professores, dos conselhos dos amigos e da sociedade.

A criação de expectativas de vida melhor por meio da formação intelectual escolar ou pela aquisição de ocupação profissional contribui para que a juventude, principalmente, possa ter sonhos. Sonhos dourados e duradouros.

As cascavéis (drogas) têm o poder de impedir a floração e a produção de frutos saudáveis pelos jovens. Elas destroem os sonhos, envenenam a alma, necrosam toda uma vida, que é uma dádiva incomparável.

Fuja das drogas!

Fuja das cascavéis!

MOACIR BARROS é professor público, escritor e advogado público da União

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here